Mais de 500 cabeças de gado foram vacinadas contra febre aftosa no município de Maturéia

No início deste mês, 05/12, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano de Maturéia concluiu as atividades da campanha de vacinação contra febre aftosa 2017. Realizada em duas fases, a campanha deste ano no município atingiu a meta de 525 animais imunizados contra a doença.

A primeira etapa da campanha de 2017 foi iniciada em Maio, e contou em Maturéia com uma solenidade para fazer a abertura das atividades e apresentar as etapas da realização da campanha a agricultores e criadores de bovinos do município.

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Maturéia e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba – EMATER- PB, o setor de Agricultura da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano estava à frente da campanha no município, realizando as atividades de vacinação em pontos estratégicos de todas as comunidades de Maturéia.

Segundo o Secretário municipal de Desenvolvimento Humano, Romero Firmino, a primeira etapa da campanha contou com mais de sete mil reais investidos na compra de vacinas, equipamentos e pagamento dos vacinadores. Investimento que se estendeu na segunda e última etapa de vacinação, iniciada em Outubro e concluída este mês.

“O sentimento é de dever cumprido. O município de Maturéia é um dos únicos da região que fornece a vacina contra a febre aftosa de forma gratuita, além de custear todas as despesas com vacinadores, transporte e equipamentos” afirmou Romero Firmino.

A Febre Aftosa

A Febre aftosa é uma doença provocada por vírus que afeta principalmente bovinos, suínos, ovinos e caprinos; causando febre e pequenas bolhas que posteriormente se tornam em feridas na boca e nas patas dos animais, que deixam de andar e de se alimentar, emagrecendo rapidamente.

A campanha de vacinação contra a febre aftosa no rebanho de bovinos tem o intuito de proteger e de livrar os animais da doença, evitando danos à saúde do animal e promovendo o bem estar do rebanho e de seu criador.