Secretaria Municipal de Saúde promove ação de prevenção e combate a Aids

 

A prevenção de doenças é um ato de cuidado com a saúde, que ressalta a importância de tomar precauções que previnem o surgimento de males na vida das pessoas. Neste mês de dezembro, a Secretaria Municipal de Saúde de Maturéia realizou uma ação para reforçar a importância da prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis, principalmente, a Aids, uma das DSTs mais conhecidas.

A ação voltada ao “Dezembro Vermelho”, nome dado ao mês de combate a Aides, foi desenvolvida pelos Agentes Comunitários de Saúde de Maturéia, pelo Enfermeiro, Osiel Ferreira, e pela Secretária Executiva da Atenção Básica, Klécia Souza. A atividade aconteceu durante a feira livre na cidade, na quarta-feira, 13, com ações de entrega de panfletos contendo informações a respeito da doença; distribuição de preservativos masculinos e transmissão de orientações pelos profissionais.

“Todos os profissionais envolvidos na ação se empenharam em participar, ficaram no sol escaldante do sertão. Entregamos os panfletos, orientamos, retiramos dúvidas e entregamos camisinhas. Também convidamos a população mais susceptível a participarem do teste rápido feito na unidade gratuito, com resultado em menos de 10 minutos” informou a Secretária Executiva da Atenção Básica, Klécia Souza.

A ação, planejada pelos profissionais da equipe 1 de Saúde da Estratégia Saúde da Família (ESF) Maria Batista Marques, teve o propósito de ser uma das estratégias municipais para a prevenção e combate a doenças sexualmente transmissíveis, bem como uma atividade para orientar e chamar a atenção da população, em especial, a de jovens, classe mais afetada pela doença.

“A ação foi muito importante, principalmente pelo fato que foi uma forma de despertar e conscientizar as pessoas sobre a importância da prevenção e combate às doenças sexualmente transmissíveis. Principalmente a aides, já que encontramos dificuldades por haver a alguns tabus mesmo com tanta informação”, disse o Agente Comunitário de Saúde e participante da ação, Geraldo Costa.

“Pra mim foi proveitoso e fiquei feliz, pois muita gente que tinha dúvidas aproveitou o momento para tira-las”, concluiu.

AIDS – Síndrome da imunodeficiência adquirida

A AIDS é uma doença sexualmente transmissível causada por vírus da Imunodeficiência humana (HIV), que pode ser transmitido por meio do contato com sangue, sêmen ou fluidos vaginais infectados.

A pessoa infectada pode desenvolver sintomas como perda de peso, febre ou sudorese noturna, fadiga e infecções recorrentes.

Não existe cura para a AIDS, mas sim o tratamento que é feito por meio do uso de antivirais contra o HIV, que podem retardar o progresso da doença, bem como prevenir infecções secundárias e complicações.

Pesquisa de informações médicas no Google.

 Fontes: Hospital Israelita A. Einstein e outros. Saiba mais