Imagem

 

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano divulgou a lista dos candidatos selecionados para realizarem a matrícula no curso de Mecânico de Motocicletas, do Programa Paraíbatec Agricultura Familiar.

O curso é voltado ao público do campo, e será oferecido na modalidade presencial na Escola Municipal Maria Tâmara Souza do Nascimento, com carga horária de 280 horas, com aulas entre terça e sexta-feira, das 18h às 22h.

Os candidatos aprovados devem realizar a matrícula no local e no turno em que ocorrerão as aulas, os candidatos devem apresentar os seguintes documentos: CPF, RG, Certidão de Nascimento ou Casamento e Comprovante de residência. Todos devem ser originais para verificação. 

As aulas estão previstas para serem iniciadas no próximo dia 02 de dezembro.

Lista de candidatos convocados

 

O programa

O PARAIBATEC foi estabelecido em regime de colaboração, ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC, com a finalidade de formar gestores, professores e monitores das redes públicas ampliando a oferta de educação profissional e tecnológica na rede de ensino do Governo do Estado da Paraíba, contribuindo e propiciando a interação entre as escolas da rede estadual de educação básica com a comunidade e os arranjos produtivos locais, por meio de ações articuladas de educação profissional e tecnológica, incentivando o retorno de jovens e adultos ao sistema escolar e proporcionando a elevação da escolaridade, a construção de novos itinerários formativos e a melhoria da qualidade do ensino profissional.

A ação PARAIBATEC Agricultura Familiar é uma parceria da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido com a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia com a finalidade do fortalecimento da Agricultura Familiar no Estado da Paraíba, através de formação técnica e ou capacitação profissional dos agricultores familiares, em especial, jovens e mulheres rurais, qualificando mão de obra buscando um desenvolvimento rural sustentável, geração de renda, diminuição da pobreza rural e diminuição do êxodo rural no estado, fazendo com que os agricultores conquistem cada vez mais espaços na sociedade, ganhando visibilidade, respeito, autonomia e cidadania.