Imagem

 

Em dezembro será realizada a conferência municipal para a apresentação do Diagnóstico Técnico Participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico de Matureia, que está sendo elaborado pela Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e administração municipal. 

A conferência será realizada no dia 03 de dezembro, às 14h na Igreja Ação Evangélica, onde serão apresentados e discutidos os estudos de diagnóstico de saneamento básico no município, relacionados à água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos. A elaboração do plano contou com a participação da população, por meio do relato dos moradores sobre os principais problemas enfrentados nas áreas do abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem das águas das chuvas e gestão dos resíduos sólidos, conforme a realidade de cada comunidade rural ou bairro da zona urbana.

O Plano Municipal de Saneamento Básico abrange pontos sobre serviços de água, esgotos, resíduos sólidos, drenagem das águas pluviais urbanas e entre outros aspectos do saneamento básico. O plano de saneamento é discutido e elaborado de forma conjunta com a participação de representantes do poder público e da sociedade civil, abordando assuntos para promoção da política de saneamento básico e saúde urbana.

O plano municipal de saneamento deve garantir a promoção da segurança hídrica, prevenção de doenças, redução das desigualdades sociais, preservação do meio ambiente, desenvolvimento econômico do município, ocupação adequada do solo, e a prevenção de acidentes ambientais e eventos como enchentes, falta de água e poluição.